O PIB brasileiro pode crescer 1% em 2019, após sucessivas quedas e estagnação da economia

03.12.2019

 

Os números mostram que a recessão está se afastando do Brasil, mas o crescimento é lento e quase que imperceptível. 

Os planos da equipe econômica do governo começam a aparecer e a ter credibilidade internacional. O PIB foi negativo durante quase todo os seis anos de governo de Dilma Roussef. dá sinais de recuperação e projeta para 2019 um crescimento de 1%, uma vitória para Jair Bolsonaro que pode ter em 2020 o retorno de todo o trabalho internacional realizado pela equipe econômica em 2019. Se os números se confirmarem, o Brasil poderá ter vários investimentos internacionais, que buscam a confiança no governo para poder investir no Brasil.

Se o brasileiro entendia que essa recessão poderia levar de oito a dez anos para se recuperar, até os economistas estão surpresos com o trabalho realizado por Paulo Guedes e sua equipe. 

De 2014 a 2016, a economia recuou e o pais empobreceu com um PIB -3,55% e -3,31% consecutivamente, para 2015 e 2016 resultado das mentiras da equipe econômica de Dilma para que ela fosse reeleita. Após o impeachment, já no governo de Michel Temer o PIB se recuperou no ano de 2017 e no ano de 2018 cresceu 1,1%. O PIB do Brasil fechou 2018 em R$ 6,8 trilhões em valores correntes, e o PIB per capita ficou em R$ 32.747. 

Tudo indica que em 2020 a economia brasileira poderá começar a deslanchar e com a aprovação das reformas, que poderão começar a surtir efeitos no próximo ano, o governo poderá investir em setores que trarão a confiança do empresário de volta. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2018 © Todos os direitos reservados