Governo deve arrecadar R$ 106 bilhões no megaleilão do pré-sal hoje

06.11.2019

 

O governo, enfrentando a oposição ferrenha, aos poucos vai construindo um novo Brasil. Bolsonaro e sua equipe econômica estão tentando enxugar a dívida do governo e a economia que já dá sinais de reação.

Hoje, o governo está de prontidão aguardando o megaleilão do pré-sal que será realizado daqui a pouco e pode arrecadar R$ 106,5 bilhões.

Foram habilitadas 14 empresas para participar do leilão, mas duas decidiram ficar de fora. A Petrobras tem o direito de preferência e deve desembolsar R$ 70 bilhões para ficar com a operação de duas das quatro áreas em disputa. Dentro dessa expectativa, o Brasil pode se tornar o quinto maior produtor de petróleo do mundo.

O excedente dos 5 bilhões de barris garantidos pelo governo à Petrobrás, dá-se o nome de “cessão onerosa”.

Este é o maior leilão de óleo e gás já realizado no mundo. Caso todos os blocos sejam vendidos, esse dinheiro irá fomentar “estados e municípios” que estão a cada ano mais endividados.

A Petrobras já realizou trabalhos de desenvolvimento na área, portanto, já é de conhecimento de todos os participantes o que existe a ser extraído. O risco é mínimo, por isso, toda essa expectativa de alta arrecadação no megaleilão.

Segundo a ANP, há uma estimativa de arrecadação entre 6 e 15 bilhões de barris de óleo excedente na área, que significa o triplo dos 5 bilhões de barris originais concedidos na área à Petrobras em 2010.

Outro fator positivo do leilão será o de geração de emprego que naturalmente, terá que acontecer para se chegar aos números desejados de exploração.  

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2018 © Todos os direitos reservados