Há um ano do atentado a Jair Bolsonaro e muitas perguntas estão no ar e sem respostas

06.09.2019

 

Hoje está fazendo um ano que o presidente da república, Jair Bolsonaro, foi vítima de um atentado em Juiz de Fora. Na época, em campanha e concorrendo a uma vaga nas eleições para presidente, Bolsonaro sofreu um ataque a faca de Adélio Bispo de Oliveira o acertando no esôfago. Bolsonaro vai se submeter a 4ª cirurgia neste próximo fim de semana. 

Obscuras são as respostas que ainda não foram respondidas pela defesa de Adélio Bispo. Quanto foi pago e quem pagou o advogado de Bispo, logo após a sua prisão? Quem está por trás da defesa de Bispo? 

Adélio está preso há um ano, e a Polícia Federal chegou a conclusão que ele agiu sozinho no ataque, sendo a motivação "indubitavelmente política". Meses depois, Adélio é considerado inimputável pela Justiça por ter uma doença mental. Quem está por traz de tudo isso? É lógico que ele não agiu sozinho, tem algo de misterioso por traz que não só nós brasileiros queremos saber, mas os advogados de Bolsonaro e o próprio presidente. 

Caso se confirme a tese de que ele (Adélio) é um doente mental, e com o cometido, jamais poderá sair da cadeia, ou seja, se submeterá a prisão perpétua em tratamento mental. 

Bolsonaro questionou a defesa de Adélio. De onde vem o dinheiro para pagar Zanone Júnior?

Bolsonaro acha que o mandante da facada está por trás do pagamento dos honorários do advogado. Zonone, afirmou que o dinheiro chegou até ele, através de um religioso de Montes Claros (MG), que não queria aparecer. Segundo o colunista Lauro Jardim, Zanone queria faturar com os holofotes de um caso supermidiático como o de Adélio...

E tem gente que acredita!

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados