Augusto Aras será o novo Procurador-Geral da República e Bolsonaro pede paciência a apoiadores

06.09.2019

 

O novo Procurador-Geral da República será Augusto Aras que foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro. 

"Não queremos um Procurador-Geral da República que possa fazer tudo, mas também não queremos aquele que não pode fazer nada", disse o presidente.

"Não basta alguém que combata a corrupção". "Aras foi indicado por ser sensível a outras questões, como temas ambientais, econômicas e de comportamento alinhados à interpretação do governo". 

"Alguns do Ministério Público não podem ver uma vara de bambu sendo cortada que já processa todo mundo. Como ficaria a questão ambiental? Como ficaria alguém que tivesse visão muito radical na questão ambiental? Como ficaria o homem do campo?, disse o presidente. "Não queremos um `Procurador-Geral da República que possa fazer tudo, mas também não queremos aquele que não pode fazer nada. Acho que fiz uma boa escolha, estou fazendo um bom casamento".

Aras foi escolhido fora da lista tríplice eleita por membros do Ministério Público Federal, e não agradou, nem dentro do MP e nem aos bolsonaristas. Muitos veem Aras como um esquerdista com afeição com a corrupção e distante da Operação Lava-Jato. Alguns apoiadores do presidente chegaram a falar em "suicídio político" e fim da "última esperança" na política. 

"Atire a primeira pedra quem nunca teve um pecado. Eu tive que escolher alguém", disse Bolsonaro.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados