Gilmar Mendes esculacha Operação Lava-Jato em entrevista publicada pelo Correio Braziliense e o Jurista Modesto Carvalhosa não deixa por menos

06.08.2019

 

O ministro Gilmar Mendes, concedeu uma entrevista neste domingo (4) ao Correio Braziliense e critica de forma grotesca a Operação Lava-Jato, colocando em check a sua existência.

"Jogo de Compadres - Um grupo de deslumbrados - Organização criminosa - Esses foram os conceitos da Lava-Jato por Gilmar Mendes.

Com essa forma, Gilmar ofende até mesmo, o poder Judiciário. 

Modesto Carvalhosa, renomado jurista brasileiro, não suportando tanta asneira e negligência, defendeu o combate à corrupção de forma clássica e justa, assim dizendo: Absoluta truculência de quem sabe ter muito o que temer.

O senso de justiça não é privilégio de poucos iluminados de toga, mas natural aptidão de toda cidadania. 

Não é à toa que por todos os cantos do país se ouve e lê "STF vergonha nacional".

Nós brasileiros estamos cansados e indignados de ouvir, ver  e sofrer tantas barbaridades praticadas por aqueles que deveriam ser os modelos de virtudes morais e intelectuais da Nação.

Pois bem, hoje o senado volta do recesso e, a partir de agora, mais do que nunca, devemos exigir de Davi Alcolumbre que coloque em votação os pedidos de impeachment contra Gilmar, Toffoli, Lewandowski, e o pedido que entraremos contra Alexandre de Moraes.

Não podemos dar trégua no combate à corrupção. 

Os detentores do poder precisam admitir, de uma vez por todas, que já passou o tempo de tratar o povo como se fosse um gado. Contamos com o grupo de senadores decentes daquela casa para imediatas providências de resgaste da honra do povo brasileiro ofendido pelo execrável Gilmar Mendes e seus companheiros "garantistas da impunidade".

Estas palavras de Carvalhosa esta editada em 05/06/2019, no Jornal da Cidade Online.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados