Lula continuará réu por suspeita de lavagem de cerca de R$ 7,7 milhões e US$ 355 mil, e pelas acusações de corrupção e tráfico de influência, conforme o juiz Vallisney de Souza

25.07.2019

 

O juiz Vallisney de Souza Oliveira, absolveu Lula de parte das acusações, mas confirmou a continuidade de boa parte do processo em que Lula é acusado de lavagem de dinheiro e tráfico de influência. 

Devido a outros processos existentes na Justiça Federal, que trata do mesmo assunto no caso do sobrinho do ex-presidente Lula, Taiguara Rodrigues dos Santos e outros dois réus acusados de delito de organização criminosa, Vallisney resolveu absolvê-los. Mas, em outros três, até mesmo o ex-presidente Lula, continuará respondendo à ação. 

Lula continuará como réu por suspeita de lavagem de dinheiro de R$ 7,7 milhões e US$ 355 mil, também pela acusações de tráfico de influência. 

Segundo Vallisney, "não se trata de especulação, mas de acusação com provas basilares constantes da fase investigatória. A denúncia impugnada não é uma peça solta e infundada, mas um relato técnico-jurídico assentado em inquérito policial e na atuação do Ministério Público, de modo que está formalmente apto e capaz de levar adiante a busca da verdade judicial dos possíveis/apontados ilícitos de corrupção passiva, de tráfico de influência e de lavagem de dinheiro, nos termos cabais e específicos da denúncia", trecho da decisão de Vallisney.

"Basta uma leitura da extensa denúncia para se verificar a exposição consistente dos fatos ilícitos de corrupção, tráfico de influência e lavagem de capitais, assentados nos elementos trazidos no inquérito policial", afirmou o juiz.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados