Reforma da Previdência pode ser votada no Plenário em dois turnos ainda esta semana

09.07.2019

 

O presidente do Congresso está agilizando com os líderes dos partidos a votação em dois turnos da Reforma da Previdência, por se tratar de medida constitucional, ainda essa semana. Maia passou esta semana reunido em sua residência com os principais parlamentares para agilizar a votação no Plenário. 

O governo tem trabalhado para convencer as legendas a não apresentarem destaques (sugestões para modificação do texto). Isto poderá se estender e atrasar as pretensões do executivo.

A oposição buscará atrasar o máximo a votação do texto, apostando nas dificuldades dos apoiadores da proposta de manter o quórum necessário para realizar as votações. Apresentar questões de ordem, que são questionamentos regimentais sobre a forma pela qual serão realizados os procedimentos de discussão e votação da PEC.

Tudo indica, neste exato momento, que o governo deve vencer a oposição, pois ele já conta com a maioria dos parlamentares para aprovação da Reforma, assim analisam próprios agregados governistas.

O governo exonerou alguns ministros com mandato de deputado para votarem. Como é o caso de Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e Marcelo Álvaro Antonio (Turismo), que deixaram os cargos nesta terça-feira (9) e retornaram aos seus cargos após a votação. A Ministra Tereza Cristina da Agricultura, também deve deixar temporariamente a pasta, além de Osmar Terra (Cidadania), este não voltará a Câmara, pois seu suplente é favorável à reforma.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2018 © Todos os direitos reservados