Executiva Nacional do PSDB aprova Código de Ética que prevê expulsão de políticos condenados

30.05.2019

 

O PSDB aprovou nesta quinta-feira, 30, o Código de Ética que prevê a expulsão de políticos condenados criminalmente ou que tiverem cometido infidelidade partidária, como foi anunciado por Geraldo Alkimin, na semana passada. Foi aprovado também o novo estatuto e as regras de compliance da sigla. 

Pelo novo código, filiados que já respondem a investigações só serão punidos caso haja condenação. 

O PSDB foi um dos partidos mais prejudicados na última eleição, principalmente, pela delação e gravação de Joesley Batista, quando Aécio Neves pede 2 milhões de reais a ele. Hoje, o PSDB é um partido que está na lona, conforme afirmou Fernando Henrique Cardoso na entrevista que deu a Roberto D'avila na Globo News. A sigla tucana governou mais da metade do Brasil nas eleições de 2014 e, foi abandonado pelo povo nas eleições de 2018, devido às constantes aparições nos escândalos de corrupção por todo o país.

Se não houver uma reestruturação dentro do partido, de nada servirá o Código de Ética para punir seus políticos envolvidos em escândalos.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados