O jornalismo brasileiro está de luto. Morre "Ricardo Boechat" em acidente de helicóptero no rodoanel em São Paulo

11.02.2019

 

O Brasil perde um dos maiores profissionais de jornalismo de toda sua história. Ricardo Boechat morreu na tarde de hoje em consequência de um acidente de helicóptero no Rodoanel na capital paulista. Boechat era apresentador do Jornal da Rede Bandeirantes e da BandNews. O piloto do helicóptero Ronaldo Quatrucci também morreu no acidente. 

Boeachat estava vindo de Campinas, onde realizou uma palestra para o grupo farmacêutico Libbs e retornava para São Paulo. Nesta manhã, Boechat fez o seu programa na Rádio Bandeirantes, normalmente. 

Considerado um dos maiores jornalistas do Brasil, era filho do diplomata Ricardo Eugênio Boechat, foi contemplado três vezes com o Prêmio Esso. Nasceu em 13 de julho de 1952, em Buenos Aires, quando seu pai estava a serviço do Ministério das Relações Exteriores na Argentina. Recordista de vitórias do Prêmio Comunique-se e o único a ganhar em três categorias diferentes (Colunista de Notícia, Âncora de Rádio e Âncora de TV).

Boechat trabalhou nos jornais "O Globo, O Dia, O Estado de São Paulo e Jornal do Brasil". Foi comentarista do Bom Dia Brasil nos anos 1990 na Rede Globo. Era carismático e conhecedor profundo do jornalismo. Era crítico nas suas posições e, por isso, era querido no jornalismo brasileiro. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados