Deputados Federais que não se reelegeram podem estar à caminho de Curitiba

10.10.2018

 

Vários deputados federais não foram eleitos nas suas regiões e muitos deles estão encrencados com a justiça. Vinte e cinco parlamentares estão envolvidos na Lava-Jato e não terão mais foro privilegiado. Romero Jucá (MDB/RR), Valdir Raupp (MDB/RO), José Agripino Maia (DEM - RN) e Benedito de Lira (PP - AL) viraram réus em ações penais ou civis. 

São 11 os senadores que não se reelegeram para um novo mandato na disputa eleitoral deste ano, por isso, terão seus casos enviados a primeira instância. Eunício Oliveira (MDB - CE); Edson Lobão (MDB - MA); Garibaldi Alves Filho (MDB - RN); e Romero Jucá (MDB - RR). 

Alguns são acusados de corrupção pela PGR e outros envolvidos na Lava Jato. O judiciário deve informar nos próximos meses o caminho de cada um deles. 

O povo não dar estes políticos a reeleição, mostra a insatisfação da nação brasileira em não aceitar mais a palavra corrupção. O povo quer banir de todas às formas a corrupção do vocabulário diário político brasileiro. Agora, eles partem para provar junto a justiça a inocência de cada um. É um caso de justiça e não mais de política.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados