Antonio Anastasia sobe nas pesquisas e já coloca mais de 10 pontos percentuais à frente de Fernando Pimentel

27.06.2018

 

Foi realizada a segunda pesquisa para governo de Minas Gerais. A primeira foi realizada pela Paraná Pesquisas que colocou Antonio Anastasia com 9% à frente de Fernando Pimentel. Na pesquisa realizada pelo Poder360 entre os dias 20 e 22 de junho de 2018, o Senador Antonio Anastasia já ultrapassa a casa dos 12% à frente do atual governador.

Anastasia já foi governador de Minas Gerais e, hoje, é considerado pela maioria dos políticos mineiros o único que conseguirá unir a classe oposicionista ao governo de Fernando Pimentel. E isso vem se solidificando a cada dia. O senador já buscou para si vários partidos que agregam a sua campanha para governo do estado. A diferença que já passou dos 10% pode chegar a um número muito maior, podendo o senador ganhar no primeiro turno, conforme for o andar da carruagem. 

O ex-prefeito de Belo Horizonte Márcio Lacerda, vem em quarto lugar com 9% nas pesquisas e a surpresa é o nome de Dirlene Marques (PSol) que aparece em 5º lugar nas pesquisas à frente de João Mares Guia, Rodrigo Pacheco e Romeu Zema. 

A maioria desses candidatos deve se unir a Anastasia no segundo turno, caso haja segundo turno. 

Romeu Zema entrou na política recentemente já como candidato ao governo de Minas pelo Partido Novo. É empresário bem sucedido no Triângulo Mineiro com uma rede de postos de gasolina e lojas de eletrodomésticos. Vem com uma nova proposta para o Estado e como político novo.

Não foi surpresa o percentual de 27% de votos em brancos e 10% para os que não responderam e ainda não sabem em quem votar. É um aresposta do povo a tudo que está acontecendo na política desse país. O povo está desacreditado.

A razão de Antonio Anastasia ter tomado à frente nas pesquisas com uma larga diferença entre ele e o atual governador, se deve a péssima gestão do governo Fernando Pimentel. Hoje, rejeitado pelo funcionalismo público e por boa parte do eleitorado mineiro, Pimentel se afastou lentamente do seu eleitorado, deixando o estado de Minas Gerais, na condição de deficitário e financeiramente quebrado, "entre aspas". Hoje, Pimentel é desacreditado pelo funcionalismo público, não paga seus funcionários em dia e não repassa às prefeituras do estado o que lhes é de direito (em dia). Isso, o deixa na solidão política, sendo até, rejeitado por políticos que agregam a sua coligação com outros partidos. O apoio político à Fernando Pimentel é irrisório para quem venceu às eleições a quatro anos atrás com o percentual que ele venceu. Por outro lado, Anastasia realizou um grande governo em Minas, deixando uma malha rodoviária nova em quase todo o estado e, não havia déficit com o funcionário público e nem com as prefeituras do estado, pois os mesmos recebiam em dia. Anastasia é formado em Direito com uma carreira voltada para a Administração Pública. Foi vice-governador de Minas e logo em seguida, governador, ganhando no primeiro turno com 62,72% dos votos válidos e pode repetir este feito nas eleições de 2018.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2018 © Todos os direitos reservados