Vídeo de Gleisi Hoffman afronta soberania nacional diz Ronaldo Caidado

19.04.2018

 

A Senadora Ana Amélia (PP) RS, rebateu e criticou às atitudes de sua colega Gleisi Hoffman (PT) RS e presidente do PT que gravou um vídeo dirigido ao povo árabe pedindo que eles interferissem em favor de Luiz Inácio Lula da Silva, hoje preso em Curitiba. Violando assim, a Lei de Segurança Nacional, artigo 8º, que diz. “Aliciar indivíduos de outra Nação para que invadam o território brasileiro, seja qual for o motivo ou pretexto”.  Ana Amélia, na Tribuna,  solicitou ao presidente do Senado que inscrevesse no anais da Casa como documentos históricos o vídeo de Gleisi e o editorial do jornal "O GLOBO".  Ana Amélia vai mais além:  "Perderam o poder em 2016, o apoio popular na decretação da prisão de Lula e agora perdem a compostura ao atacar a Imprensa, o Judiciário, e o Ministério Público! É possível que queiram o apoio do Exercito Islâmico para livrar Lula da cadeia", disse Ana Amélia.

Gleisi coloca contra o mundo o Minsitério Público, o Supremo Tribunal Federal, a Justiça brasileira de uma forma geral e coloca em risco o estado democrático de direito. Nossa democracia, apesar de nova, é uma democracia vista como salutar em outros países democráticos ao redor do mundo.  Ana Amélia, citou a visita dos senadores do PT à Polícia Federal em Curitiba e atestaram que o presidente está bem instalado e bem tratado.

No vídeo, Gleisi diz que Lula é um grande amigo do povo árabe, que Lula foi o único presidente do Brasil que visitou o Oriente Médio, 

O vídeo provocou vários desentendimentos no Senado e o Senador Ronaldo Caidado (DEM) MT disse: " O vídeo é uma verdadeira afronta à soberania nacional, um crime que "lesa a Pátria". "Uma grande irresponsabilidade da senadora petista pedir intervenção de outros países em uma democracia consolidada".

Agora pela manhã, através de um vídeo vem a resposta saudita: "A presidente do partido dos trabalhadores faz um pedido ao nosso mundo árabe pedindo apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que seria um preso político por perseguição. O ex-presidente é um criminoso condenado em várias instâncias e tem outra dezenas de investigações. O país vem enfrentando um forte combate à corrupção e o ex-presidente que já teve grande popularidade está encarcerado para cumprir pena de 12 anos. A própria senadora é acusada de vários crimes, e segundo nossos correspondentes no país, ela mesma deve ser presa até o final deste ano". 

Já se ouvi comentários sobre o pedido de impeachment da Senadora Gleisi Hoffmann, mas não temos confirmação e veracidade do pedido. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados