Após pressão, Pimentel retira emendas que previam desdobramento da Codemig

07.03.2018

 

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, enviou para a Assembleia Legislativa em caráter de urgência, a votação que permitiria o desdobramento da Codemig. Tomando conhecimento de que não poderia ter caráter de urgência, Pimentel resolveu retirar a emenda. A mensagem foi lida ontem em Plenário na Assembleia Legislativa.

A proposta irá tramitar como projeto específico e não mais por meio de emenda parlamentar. 

O deputado Gustavo Correa do DEM - ressaltou em seu comentário:“Felizmente o governo encaminhará um projeto para que possamos discutir essa questão de forma transparente e para mostrar quem quer cometer um crime contra nosso estado”.

“As emendas Frankestein nunca foram proibidas aqui nesta Casa. Mas esse questionamento se tornou uma reivindicação dos líderes. O governador não via nenhum problema em fazer dessa forma, porque durante 12 anos se fez assim na Assembleia, mas resolveu encaminhar um projeto novo. Isso vai atrasar e não vai no ritmo que o governo gostaria, em função das dificuldades do estado. Mas prevaleceu o diálogo”, explicou Durval. Durval Ângelo é deputado do partido dos trabalhadores - MG.

Pimentel rebate às críticas de seus opositores dizendo que não está privatizando a Codemig. “O Estado continua dono da companhia, não é possível falar em privatização. Vamos assegurar o fortalecimento da economia mineira junto ao pagamento de servidores”, afirmou Pimentel.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados