O povo samba nas ruas do Brasil, mas não sai de casa para protestar pela corrupção e a desigualdade social

14.02.2018

 

Esse é o retrato do povo brasileiro que não protesta por seus direitos, mas gasta, pula e samba nas ruas por quatro dias como se tudo estivesse às mil maravilhas

 

O Brasil passa por um processo de renovação na política, critica a corrupção e as propinas do meio não só político, mas da facilidade de se obter vantagens e situações e (situações) que deixam impunes os comandos dos estados e da nação brasileira, empresas privadas e cargos públicos.

O povo se omite, finge que tudo está às mil maravilhas, e não cobra da justiça, dos deputados, dos senadores,  do presidente e seu ambiente de trabalho, por todos os setores em que o jeitinho brasileiro resolve, "a corrupção". 

Quando chega fevereiro, vai às ruas para extravasar em quatro dias, para ficar o ano zen. Esse é o motivo e o pensamento " Nem só de trabalho vive o homem". Hoje, são 12 milhões de desempregados, uma inflação acobertada por matemáticos  e economistas do governo, ou seja, mentirosa e camuflada. São milhões de famílias sofrendo e morrendo de fome pela irresponsabilidade dos políticos que não governam para o povo, mas sim, em causa própria. 

Na Coreia do Sul, Choi Soon-Sil, também conhecida como Rasputinha, amiga da ex-presidente Park Geun-hye, presa por favorecer a amiga, foi condenada a 20 anos de cadeia em tempo recorde, diferente do nosso país, que para prender um ex-presidente ou um político comprovadamente culpado, leva mais de 10 anos. Tivemos o exemplo do deputado federal Paulo Salim Maluf, que de recursos em recursos, esperava que a denúncia de corrupção fosse prescrita pelo tempo. As leis que é constituída no Congresso e no Senado, favorecem o corrupto e o político forasteiro. 

Aonde está o povo para protestar por todos esses casos de latrocínio e leis conclusas para favorecer o homem público? Como estão às ruas do Brasil diante de tamanha usurpação da política? Aonde está o carnaval da consciência política do povo brasileiro? Aonde está o carnaval das urnas para banir de vez, políticos corruptos?

O brasileiro precisa se lambuzar de razão, se comprometer com a nação, protestar em benefício do povo em geral, por melhores avanços na saúde, na segurança e na educação e não se esbaldar em quatro dias de carnaval como se estivesse tudo muito bem. 

O povo é o retrato de seu comando...

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2018 © Todos os direitos reservados