Com mandato de apenas seis meses, Luiz Fux assume presidência do TSE

07.02.2018

 

O ministro do STF, Luiz Fux, assumiu nesta terça-feira a presidência do TSE que irá até o dia 15 de agosto, quando completará 4 anos. Tempo máximo para que os juízes permaneçam no TSE, quando Rosa Weber irá assumir a presidência.

Fux ao assumir, falou enfaticamente sobre a Lei da Ficha Limpa, que deve ser praticada a qualquer cidadão brasileiro. Citou também, às notícias falsas (Fake News), sendo um dos temas a ser tratado em seu curto mandato. 

A posse foi acompanhada pela Ministra Cármen Lúcia, pelo presidente Michel Temer e outras autoridades. Luiz Fux substitui Gilmar Mendes.

No TSE há uma rotatividade dos ministros do Supremo Tribunal Federal e a participação no TSE não pode ultrapassar a quatro anos. Por isso, Fux terá um mandato relâmpago, mas deve colocar em prática todo seu conhecido e lisura com que vem atuando no STF. Fux é carioca e já foi promotor de justiça no estado do Rio de Janeiro e foi indicado para o STF pela ex-presidente Dilma Rousseff.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2018 © Todos os direitos reservados