Carro invade a calçada da praia de Copacabana e mata criança

19.01.2018

 

Na noite desta quinta-feira (18), o carro dirigido por Antonio de Almeida Anaquim de 41 anos, invadiu o calçadão da praia de Copacabana e atingiu vários pedestres. Um bebê de oito meses morreu nesta madrugada e outras 15 pessoas ficaram feridas. 

Antonio alegou na delegacia que sofreu um ataque epilético e que não  viu nada. Ele estava acompanhado por uma mulher que confirmou o ataque epilético. Vários remédios foram encontrados no veículo para tratamento da doença. 

As perguntas são: Porque ele dirigia? A legislação brasileira permite que pessoas que sofram de epilepsia dirijam? A carteira de Antonio estava caçada, quais são os motivos da cassação da carteira dele? Será que colocar a doença em evidência seria apenas para camuflar a irresponsabilidade do condutor?

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2018 © Todos os direitos reservados