Prefeitura inaugura dia 1º de julho, o Aterro Sanitário

23.06.2017

 

Data marcará o início da Coleta seletiva na cidade

 

Varginha se prepara para um momento histórico. A inauguração do Aterro Sanitário, dia 1º de julho, que culminará com o início da Coleta Seletiva em alguns bairros da cidade, que foi dividida em cinco regiões, incluindo a área rural, que além da coleta tradicional, terá o recolhimento exclusivo de materiais recicláveis como papel, plástico, vidro e metal.

Instalado em uma área de 20 hectares, a 10 km do centro de Varginha, na estrada que liga Varginha a Carmo da Cachoeira, o aterro sanitário utiliza as melhores técnicas de engenharia para esse tipo de obra. Com a inauguração do Aterro, ficará definitivamente desativado o antigo Lixão, localizado no bairro Corcetti. O secretário municipal de Meio Ambiente, Joadylson Barra Ferreira explica que para o Aterro Sanitário serão destinados unicamente os lixos domésticos.

O que é Coleta seletiva:

Coleta seletiva é o recolhimento dos resíduos orgânicos e inorgânicos, secos ou úmidos, recicláveis e não recicláveis que são previamente separados na fonte geradora, recolhidos e levados para o reaproveitamento.

A Coleta Seletiva é uma alternativa para minimizar o impacto da produção maciça de lixo que é jogado na natureza, uma vez que alguns materiais levam muito tempo para se degradar. O papel leva de três a seis meses, o filtro do cigarro e o chiclete levam cinco anos, a lata de aço de cinco a dez anos, o náilon mais de 30 anos, o plástico e o alumínio centenas de anos, o vidro mais de mil anos e a borracha leva um tempo indeterminado para degradar.

A Coleta Seletiva em Varginha será feita por um caminhão próprio que a partir desse sábado, 24, começa a percorrer junto com um carro de som, os bairros onde haverá a coleta seletiva. Vale ressaltar que as pessoas não precisam separar o vidro, do plástico ou do papel ou do metal. “O importante é que esses tipos de materiais não estejam misturados com restos de comidas ou com o lixo do banheiro, por exemplo”, ensina o secretário.

Lixão

A Prefeitura já realizou reuniões com os empresários de caçambas, pois a partir do dia 1º de julho, os resíduos terão que ter uma destinação correta também.  O lixo industrial também terá que ser o destino correto. Para isso, os empresários deverão entrar em contato com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semea), na Prefeitura do Centro para obter todas as informações e realizar o cadastro. Portanto, o lixão será desativado no dia 30 de junho e após essa data será fechado para as providências cabíveis nessas localidades, ou seja, não receberá mais nenhum descarte.

“Pedimos, inclusive para a população, que agora é a hora de colaborar para que realmente Varginha avance mais na preservação ambiental, por isso, as pessoas não devem jogar lixo como sofá nas beiras de estradas ou terrenos baldios”, avisa Joadylson.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados