Prefeitura de Cambuquira susta 21 cheques da gestão anterior por falta de documentos que comprovem a emissão

08.01.2017

 

A atual administração da Prefeitura Municipal de Cambuquira (MG) sustou 21 cheques à fornecedores,  que totalizam quase 500 mil reais, por afirmar não haver comprovação de documentação para emissão dos mesmos.

Segundo, Rafael José Martins Braz, procurador do município, disse que valor total dos cheques somam R$489 mil reais, mas os mesmos não tem documentos que comprovem o porque da emissão de tais cheques.

O ex-prefeito de Cambuquira, Evanderson Xavier, disse que os cheques não precisariam ser sustados. Era só tê-lo chamado a prefeitura, juntamente com a tesoureira e o contador que eles teriam explicado o porque da emissão dos cheques.

A atual administração disse que todos os documentos estão desorganizados e decretou estado de calamidade administrativa e financeira.

No Banco do Brasil, os cheques foram sustados como furto, roubo ou extravio, segundo informação do banco.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados