BNDES SUSPENDE FINANCIAMENTOS NO EXTERIOR

11.12.2016

Devido às denúncias de corrupção, BNDES suspende financiamentos de obras no exterior que iriam gerar US$ 3,6 bilhões de reembolso em obras na Argentina, Venezuela, Cuba, Caribe, República Dominicana, Guatemala e Honduras. A retomada do desembolsos só ocorrerá após a assinatura de um termo de Compliance ( De conformidade com às regras).

As obras estavam sendo tocadas pelas cinco maiores empreiteiras brasileiras envolvidas no esquema de corrupção da Lava-Jato.

O Metrô de Caracas é uma das obras financiadas pelo BNDES e terá que ser feito um novo acordo e a adimplência do que já foi negociado. Na Venezuela também, tem a Astialba (Estaleiro), que também está sendo financiado pelo BNDES. Odebrecht, Camargo Corrêa, Andrade Gutierrez,  Queiroz Galvão e OAS, são  às empreiteiras brasileiras que estavam tocando as obras.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2018 © Todos os direitos reservados