top of page
Buscar

PEC DA TRANSIÇÃO NÃO DEVE PASSAR NO CONGRESSO


Para conseguir aprovação no Congresso e no Senado, a PEC da Transição terá que ser modificada.

A base palarmentar de Jair Bolsonaro (PL), não concorda com 100% do texto, mas disse poder aprovar parte dele.

No senado, a maioria é contra furar a regra fiscal para o desdobramento do Auxílio Brasil.

A proposta de tirar o Auxílio Brasil de forma permanente do teto de gastos não tem anuência considerável no Senado. O tempo é curto e o futuro presidente corre um sério risco do texto não ser aprovado.

"Vamos construir o texto em conjunto e o que será apresentado na sequência não será nem de longe esse que foi entregue", afirmou o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal, Davi Alcolumbre (União-AP), no momento em que recebeu o documento, na última quarta-feira (16).

Segundo Alcolumbre, pelo menos 40 senadores são contra a aprovação do texto de permanência a furar o teto de gastos. A PEC precisa de 49 votos para aprovação, no momento, ela ficará travada no Senado.

Comentarios


bottom of page