Buscar

RODRIGO MAIA VAI ENGAVETAR PROJETO QUE LIMITA JUROS DO CARTÃO DE CRÉDITO


O povo brasileiro sai mais uma vez prejudicado com Rodrigo Maia à frente do Congresso Nacional. O projeto que já foi aprovado no senado para limitar os juros do cartão de crédito em 30% ao ano, como também do cheque especial, vai ser engavetado por ele.

Segundo ele,"Os bancos têm que criar novos produtos no lugar do cartão de crédito e do cheque especial. Não dá mais para a sociedade pagar essas taxas de juros. Mas as soluções não são de intervenção no mercado financeiro. As soluções têm que vir dos próprios bancos, que precisam entender que vão abrir mão de uma receita. Da mesma forma que a sociedade não aceita mais pagar impostos, ela não aceita mais pagar os juros do cheque especial e do cartão de crédito", disse Maia, ressaltando que o projeto é daqueles que "tem cara boa, mas gera muitos problemas".

Aprovado por 56 votos a favor e 14 contra, com uma abstenção, Maia segue na contra-mão do povo brasileiro. As instituições financeiras brasileiras são as mais caras do mundo, paga-se um absurdo para se ter uma conta no banco, e além disso, sabemos que limitar os juros do cartão de crédito e do cheque especial seria simplesmente, racional. A Selic atual é irrisória a um juros de 144% ao ano no cartão de crédito, e o povo continuará a pagar pelas desproporções.

O povo brasileiro tem que saber em quem votar, e saber quem é o político que pensa no povo e não nas instituições financeiras. As instituições financeiras brasileiras são, em parte, grandes responsáveis pelo empobrecimento da nação.

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados