Buscar

EM RORAIMA, PACIENTE PAGOU 20 MIL PARA OBTER UM LEITO HOSPITALAR


O governo de Roraima busca uma parceria com o governo do estado do Amazonas para transferir pacientes com quadro grave de saúde, já que o estado não tem mais vagas nos hospitais municipais e estaduais.

A dona de casa Késsia de Lima, de 30 anos, foi diagnosticada com o covid-19, mas foi orientada pelos médicos a ficar em casa. Seu marido a levou imediatamente para uma rede hospitalar privada, onde dona Késsia foi direto para a UTI, onde precisou ser entubada. O tratamento pode chegar a R$ 400 mil reais.

Esta é uma das razões que mantém o Brasil com elevado número de óbitos diários. Não há estrutura nos estados do norte e nordeste para tamanha desgraça. O mundo inteiro não estava preparado para uma pandemia de tamanha proporção, e as desigualdades sociais é um fator primordial neste momento onde milhares de pessoas estão morrendo sem atendimento adequado.

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados