Buscar

COM A REDUÇÃO DO DÓLAR OS PRODUTOS COM ALTAS EXCESSIVAS DEVEM RECUAR, NA CONSTRUÇÃO E ALIMENTAÇÃO


Com as contínuas altas da Bolsa de valores, o dólar vem perdendo força neste último mês, reduzindo, até então, em 0,70 de dólar. O ideal é que recue até a casa dos R$ 4,30. No momento atual, deve ser um equilíbrio em tempos de pandemia.

A indústria brasileira é uma das que mais vem se recuperando, sendo a primeira na América do Sul, além das exportações que vão a todo vapor com saldo positivo de R$ 269,1 bilhões (US$ 51,16 bilhões), até seis dias atrás. A redução prospectada da inflação será um curso natural até o final deste ano. Muitos produtos que foram supervalorizados terão redução natural de preços. Um referencial na construção, é a caída do cimento. Materiais de construção como pisos e revestimentos devem voltar a ter uma oferta maior de mercado.

Com a contratação das indústrias, o desemprego ainda não chegará no desejável, mas reduzirá significativamente o caos causado pela pandemia.


35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados