Buscar

CIENTISTAS DE STANDFORD DIZEM QUE A MAIOR CHANCE DE CONTAMINAÇÃO DO COVID-19 É EM RESTAURANTE


Cientistas norte-americanos anunciam que após estudo mapeado em 10 cidades americanas, em pesquisa publicada na 'Nature', uma das mais renomadas do mundo, nesta terça-feira(10), que nos restaurantes estão a maior forma de contágio do covid-19.

A revista publicou o resultado dos 20 prováveis locais em ordem possível de contaminação, sendo eles: 1º restaurantes de "Serviço Completo" (onde as pessoas acetam e são servidos por outra pessoa); 2º Academias; 3º Cafés e Bares; 4º Hotéis e Motéis; 5º Restaurantes de 'Serviço limitado' (aqueles em que as pessoas podem servir a comida e sentar, mas pagam antes); 6º Centros Religiosos; 7º Consultórios Médicos; 8º Mercados; 9º Lojas de mercadorias usadas; 10º Pet Shops; 11º Lojas de equipamentos esportivos; 12º Outras lojas gerais; 13º Loja de Brinquedos ou Relacionados a hobbies; 14º Loja de material de construção; 15º Lojas de peças automotivas; 16º Lojas de departamento; 17º Posto de Gasolina(nos EUA os motoristas abastecem seus carros); 18º Farmácias; 19º Lojas de Conveniência e 20º Concessionárias.

"Se você tiver que ir a esses lugares, vá fora dos períodos de pico, quando há menos pessoas", recomendou o autor sênior do estudo, Jure Leskovec, de Stanford.

"No entanto, na 2ª onda, vemos que a mobilidade das pessoas aumentou, mas o número de infecções não aumentou tanto quanto deveria. Portanto, atribuímos o número de infecções inferior ao esperado ao uso de máscaras", disse o pesquisador.

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados