Buscar

BMG anuncia licença-paternidade de 60 dias como presente de Dia dos Pais


Exigência sindical é de 20 dias, mas banco segue em sua linha de pioneirismo e transformação para conceder benefício maior aos colaboradores


Este ano, o Banco BMG não irá oferecer um simples mimo aos papais que fazem parte de seu quadro de colaboradores. Seguindo sua linha de transformação, inovação e pioneirismo, a instituição financeira anuncia uma novidade inédita no mercado bancário: a partir de agora, a licença-paternidade passa a durar 60 dias. A ideia de conceder um benefício maior aos funcionários, conta Alexandre Winandy, Diretor de Transformação Organizacional do BMG, surgiu para valorizar e reforçar o vínculo familiar deles com os seus filhos. "A exigência sindical garante 20 dias, mas acreditamos que existe um processo gigantesco de adaptação, formação de laços e divisão de tarefas, entre outros aspectos essenciais à chegada de um bebê recém-nascido", afirma. Esta mudança representa o pioneirismo do BMG, que conta com programa interno que objetiva construir uma cultura de diversidade, inclusão e valorização. "Não é apenas um benefício. É uma forma de reconhecimento e busca por maior equivalência de direitos. Demonstra o quanto a paternidade é importante e o quanto a parentalidade não é um assunto exclusivamente feminino", destaca Winandy. Segundo avalia a CEO do BMG, Ana Karina Bortoni Dias, a concessão de uma licença-paternidade maior para os papais do BMG também é uma forma de reconhecer e valorizar a luta por igualdade de gênero. "O bebê é uma responsabilidade conjunta entre pai e mãe e, com a decisão, estamos demonstrando que acreditamos que esta discussão é importante", ressalta. Além dos benefícios familiares, o BMG entende que a nova definição irá resultar em benefícios para a própria empresa, já que os funcionários se engajarão ainda mais nas ideias do banco. "É um ciclo muito positivo para todos", conclui Winandy. Atualmente, segundo a legislação brasileira, as mães têm direito a pelo menos 120 dias de licença-maternidade. Uma pesquisa realizada pela Talenses Group e pela Consultoria Filhos no Currículo destaca que a cada 10 empresas brasileiras, apenas duas oferecem licença-paternidade de 20 dias, já que a legislação exige o mínimo de 5 dias. Somente 7% concediam mais de dois meses do benefício. Sobre o Banco BMG:   O Banco BMG é especialista na oferta de produtos e serviços financeiros adequados às necessidades de seus clientes. Com 89 anos de atuação, se consolidou no financiamento ao consumo de pessoas físicas. Com mais de 4 milhões de clientes ativos, disponibiliza um amplo portfólio de soluções por meio de seu banco digital ‘meu_BMG’, sua rede de atendimento física - composta por mais de 800 lojas help! Loja de Crédito e mais de 2 mil correspondentes bancários em todo território nacional.  O grupo ainda mantém a BMG Invest com foco em renda fixa; o BMG Seguros, direcionada exclusivamente ao Seguro Garantia; e parte da subadquirente BMG Granito.  

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados