Buscar

AYRTON SENNA COMPLETARIA 60 ANOS HOJE - O GÊNIO DO AUTOMOBILISMO MUNDIAL


Ayrton Senna da Silva, conhecido por muitos como o “pé de chumbo”. Filho de Neyde Senna da Silva e Milton Guirado Theodoro da Silva.

Começou a correr no kart aos quatro anos de idade, e com 17 anos ganhou seu primeiro título internacional. Aos 20 anos, ganhou seu primeiro GP na Fórmula Ford, em Brands Hatch. Ingressou na Fórmula-1 aos 24 anos de idade, em 1984. Em 1988, chegou ao seu primeiro título. Aos 31 anos, Ayrton se tornou tricampeão mundial de F1. Foram recordes atrás de recordes. Muitas vitórias, muitas poles e algumas frustrações.

Ayrtoin Senna, com certeza, é o maior piloto de Fórmula-1 de todos os tempos. Respeitado e ovacionado pelos seus colegas, mesmo pelos seus maiores concorrentes a títulos. Ayrton era dentro e fora das pistas, muito querido, tinha um coração que não cabia dentro de si.

Allan Prost, Nigel Mansell, Nick Lauda e mesmo Nelson Piquet, sabiam da genialidade de Senna. Da posição aguerrida, dentro e fora das pistas. Senna foi um revolucionário do automobilismo mundial. Por onde passou, deixou sua marca. O circuito de Silverstone, na Inglaterra, foi chamado carinhosamente pelos ingleses de Circuito de Silvastone. Foram 45 vitórias em 68 corridas, entre 1981 e 1983, na Fórmula Ford 1600, F-Ford 2000 e Fórmula-3. Senna conquistou 58 poles em 122 provas, enquanto que, Schumacher o alcançou em 198 corridas. No Japão, como não tinham representatividade nas pistas, eles foram categóricos em afirmar e torcer por Senna durante toda sua história. Nos Estados Unidos, não foi diferente. A cantora Tina Tuner, em um de seus shows na América do Norte, convidou Ayrton Senna para subir ao palco, chamando-o de “The Best”, foi ovacionado pelo público por mais de cinco minutos. É considerado o Rei de Mônaco com seis vitórias, recorde que até hoje não foi superado. No campeonato de 1990, Ayrton fez dez pole positions. Foi Tricampeão Mundial nos anos de 1988, 1990 e 1991. Ayrton foi um piloto que teve 40% de aproveitamento nas poles em toda sua carreira e 41 vitórias.

Só há um adjetivo para definir Ayrton Senna “Gênio”, o maior gênio do automobilismo mundial de todos os tempos.

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados