Buscar

5ª da Boa Música completa 11 anos e realiza live com 3 shows nessa semana


Nessa quinta-feira (13/08), o projeto 5ª da Boa Música comemora 11 anos de história e chega à edição nº 394. Para marcar a data, a Fundação Cultural de Varginha vai realizar uma live com três shows de artistas varginhenses a partir das 18h com transmissão pelas redes sociais.


O flautista Alexandre Braga, da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, abre as apresentações com um repertório composto por música clássica e MPB. Ele será acompanhado por Dinho Batistão, professor do Conservatório Estadual de Música de Varginha “Maestro Marciliano Braga” e um dos primeiros músicos a se apresentar no 5ª da Boa Música.


Em seguida, às 19h, vem a cantora Nita Rodrigues com sua voz e interpretação inigualáveis, com o estilo mais marcante voltado ao Rock n’ Roll, Blues, Jazz e Folk. No repertório ela preparou composições de Led Zeppelin, Janis Joplin, Pink Floyd, Creedence e outros clássicos. 


Às 20h, é a vez do grupo Floreio de Minas, composto Andrea Arriel (vocal), Letícia Alves (violão), Rachel Teixeira (percussão) e Aline Souza (flauta e teclado). Elas se uniram em 2019 para levar ao público canções de estilos como Samba, Bossa Nova, Baião, Soul e Pop Rock. No repertório, elas vão apresentar canções de Marisa Monte, Tom Jobim, Alceu Valença, Dominguinhos, Sandra de Sá, Djavan, Melim, dentre outras.


O show será transmitido pelo Facebook do 5ª da Boa Música, além do site e YouTube Varginha Cultural. Haverá ainda a transmissão simultânea pelo Facebook do Blog do Madeira, Diário Correio do Sul, Noticiando Varginha, SOS Varginha, Rádio Melodia FM, Rede Mais / Record TV, TV Princesa, Up Varginha, Varginha Digital, Varginha Online e Van FM, além da Rádio Lírio Online. O evento conta com o apoio da Conexão Solidária Cultural da EPTV.


“O projeto 5ª da Boa Música é único no país. São 11 anos em que a Prefeitura de Varginha, por meio da Fundação Cultural, pôde proporcionar aos músicos varginhenses e de toda região um espaço para se apresentar, onde muitas bandas foram reveladas e hoje são um grande sucesso. Além disso, proporciona lazer e entretenimento à população todas as quintas-feiras”, destaca Lindon Lopes, diretor-superintendente da Fundação Cultural.


Lindon ressalta ainda que, mesmo com a pandemia, o projeto continuou e teve que se reinventar por meio das lives. “Estamos estruturando as lives para proporcionar um espaço adequado para as apresentações. Já tivemos shows com mais de 50 mil visualizações no Facebook, o que nos mostra que estamos no caminho correto”, diz o diretor-superintendente da Fundação.

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados