Buscar

Augusto Aras diz que sempre apontou excessos, mas que sempre defendeu a Lava-Jato


O Atual procurador-geral da república, Augusto Aras, durante a sabatina a que se submeteu no senado federal, diz não ser contra a Lava-Jato, mas, “Talvez tenha faltado nessa Lava Jato a cabeça branca, para dizer que tem certas coisas que podem ser feitas, mas tem outras coisas que não podemos fazer”. Com essa narrativa, a corrupção pode estar batendo à porta do Brasil novamente. Na verdade, a Lava-Jato nunca cometeu "abusos e muito menos excessos", muito pelo contrário, a Lava-Jato foi a única operação que realmente transformou a teoria em prática, e diga-se de passagem, não abusiva, colocando na cadeia os verdadeiros culpados que detonaram uma das maiores petroleiras do mundo, a Petrobras. Um assalto ao povo brasileiro, praticado por uma quadrilha de poderosos réu-confessos, hoje atrás das grades.

Agora, o ex-presidente Lula, estará nas ruas, politicando e rebatendo o óbvio, o que querem mais?


35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados