Buscar

Após anunciar 119 projetos para privatizar estatais, o governo espera realizar 22 leilões até o fina


Na segunda-feira (07), o governo descobriu ter mais de 600 empresas, algumas com participações, e outras sendo ele (governo) majoritário.

Já foram concluídos 29 projetos nas áreas de transportes, energia, óleo e gás. Para que o governo coloque em prática os leilões previstos das estatais deficitárias e com intervenções políticas, é preciso passar pelo Congresso Nacional. Alguns projetos foram iniciados no governo Michel Temer e anunciados no governo de Jair Bolsonaro. No começo deste ano, o número era de 69 projetos. Este ano, já foram concretizados 29 leilões e o governo espera realizar outros 22 até o final de dezembro de 2019.

O governo trata como fundamental a privatização de aeroportos, ferrovias, rodovias e portos, inclusive, para liberação de recursos públicos para os estados que estão em situação caótica.

Dos 119 projetos da carteira atual, 56 são concessões na área de transporte e energia, sendo, 16 privatizações (venda de controle ou desativação).


35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados