Buscar

Fábrica de documentos falsos resultava em milhões de Reais fraudados do INSS (quadrilha foi desvenda


Eduvirgem Alves Gomes, de 71 anos, é uma das maiores criminosas a fradar benefícios do INSS. Foram mais de 2500 benefícios com indícios de fraudes, inclusive, de defuntos, há mais de dez anos. Foram 322 carteiras de identidade falsas. Ela recebia o benefício e repassava para Francisco e Leílson Alves da Silva, que são seus irmãos. Na quadrilha que foi desvendada pela Polícia Federal, ainda tem mais cinco pessoas ainda não reveladas.

Só com o nome de Carmen Muniz leite, falecida em 2010, a quadrilha lesou o INSS em mais de meio milhão de reais. E nessa escala, o povo é sempre bode expiatório e acaba pagando a conta.

Ainda existem várias quadrilhas que fraudam o INSS, enquanto não houver uma inspeção e uma investigação por parte do INSS e da PF, não irá adiantar reforma. O resultado é o povo pagando a conta de bandidos.


35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados