Buscar

O corpo de Juarez Soarez, jornalista esportivo dos mais bem sucedidos no Brasil, está sendo velado n


Morreu ontem aos 78 anos de câncer na bexiga, um dos jornalistas esportivos mais bem sucedidos do Brasil, Juarez Soarez, vulgo "China".

Ele passou por vários veículos de comunicação durante toda sua carreira. Começou sua carreira em 1958, com apenas 17 anos, na Rádio Cultura de Lorena/SP, transmitindo jogos da segunda divisão.

Como já era destacado, China foi para São Paulo em 1961, e trabalhou nas rádios Tupi e Gazeta, mais tarde, foi contratado pela Rádio Globo. Em 1969, transmitiu a Copa do Mundo da Alemanha, e começou em 1974 sua trajetória na Rede Globo de Televisão.

Juarez, fez a cobertura da Olimpíada de Montreal, no Canadá, em 1976, a Copa do Mundo de 1978, na Argentina, e a Copa do Mundo da Espanha, em 1982, como repórter e comentarista esportivo. Participou do programa Bom Dia em São Paulo, em sua estreia, em 1977, onde trabalhou por quase três anos.

Passou pela Rádio Record, quando deixou a Globo, em 1982. Foi para a TV Bandeirantes, onde permaneceu por 11 anos ao lado do saudoso Luciano do Vale, onde cobriu a Copa do Mundo - 1986, no México, 1990, na Itália, e 1994, nos Estados Unidos, quando se desligou da Band.

Atuou em vários veículos de comunicação impressos, nos jornais Folha da Manhã, Mundo Esportivo e Portal da Terra.

Juarez foi político e deu sua contribuição como Secretário de Esportes da cidade de São Paulo durante a gestão de Luiza Erundina, chegando a ser eleito vereador na capital paulista. Foi candidato a vice-prefeito de São Paulo na chapa de Paulo Pereira da Silva.

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados