Buscar

Theresa May, renuncia no Reino Unido. Mas o entrave do Brexit continua


De tanto levar flechada por todos os lados, Thereza May renuncia ao cargo de primeira-ministra do Reino Unido. O Brexit foi a gota d'água. Com um discurso controverso da primeira-ministra, os parlamentares britânicos descordaram de May e pediram a sua saída.

Em um referendo realizado no ano de 2016, que optou pela saída do Reino Unido da União Europeia (UE), os parlamentares querem que seja realizado novo referendo junto a população, pois acha que, à época, a população não tinha consciência do que era deixar a União Europeia.

Com a renúncia da primeira-ministra, provavelmente, a vontade da maioria do parlamento deve ser cumprida e caso se confirme o resultado será carne de pescoço para se achar um caminho em que o Reino Unido deixe a UE sem prejuízos, o que será muito pouco provável. Pouco provável, será também uma nova aprovação popular caso aconteça o segundo referendo.

May deve continuar no cargo até sete de junho, data para a escolha do novo líder conservador.

O tempo em que Theresa esteve à frente com o impasse do Brexit, foi um fracasso total, sofrendo assim, uma grande pressão para deixar o cargo, até mesmo, por elementos de se próprio partido.

"Eu fiz tudo o que eu podia para convencer os parlamentares a apoiarem esse acordo do Brexit. Infelizmente, eu não fui capaz de fazer isso. Eu tentei três vezes. Então, hoje eu anuncio que estou deixando a liderança do Partido Conservador e o governo na sexta-feira 7 de junho. Então, um sucessor pode ser escolhido", anunciou May.

"Em breve vou deixar a função que foi a honra da minha vida: a segunda primeira-dama miulher, mas certamente não a última. mas com uma gratidão enorme e duradoura em ter tido a oportunidade de servir o país que eu amo."

Boris Johnson, deve ser o escolhido para ocupar o cargo de May. Ele foi prefeito de Londres e ex-ministro das relações exteriores. Mas a oposição pede eleições gerais.

A líder do governo na Câmara dos Comuns, Andrea Leadson, também renunciou ao cargo, após a apresentação da ideia de um novo referendo.

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados