Buscar

Políticos do Centrão passam a apoiar Bolsonaro


Alkimin foi abandonado, o negócio agora é Bolsonaro

Como a campanha de Geraldo Alkimin (PSDB) não decolou, os parlamentares do Centrão passaram a apoiar Jair Bolsonaro. Com isso, o Capitão, como é chamado por seus seguidores, deve emplacar sua eleição ainda no primeiro turno.

A maioria dos parlamentares já pedem voto para Jair Bolsonaro, deixando de vez o presidenciável tucano.

O que está acontecendo em boa parte do Brasil é um pensamento linear para evitar o segundo turno com Fernando Haddad (PT). Grande parte do povo brasileiro não quer a volta do PT. Mas temem o partido em um segundo turno, pois, não sabem, nem mesmo, o potencial financeiro que existe por trás de tudo isso. A bancada ruralista, a Igreja Universal e outras representatividades de peso, já apoiam abertamente o deputado federal e capitão reformado do exército.

É um fato inédito no Brasil. Um político sem apoio de parlamentares no início e sem dinheiro, ser ovacionado pelo povo, que vai às ruas por todo o país para extravasar o seu apoio a Jair Bolsonaro. Pesquisas de intenção de voto não condizem com o que estamos assistindo nas ruas, nos restaurantes, nas filas dos bancos, no clubes etc. Há quatro dias da eleição, tudo caminha para dar Bolsonaro no primeiro turno.


35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados