Buscar

Erro grosseiro de árbitro leva Cruzeiro a ser derrotado na Argentina


O Cruzeiro foi a Argentina enfrentar o Boca Juniors pelas semi-finais da Copa Libertadores. O jogo apesar de um placar adverso de 1 x 0, o Cruzeiro voltou para o segundo tempo do jogo marcando pressão e jogando no campo do Boca durante todo o tempo, até que o Sr. Eber Aquino do Paraguai, resolveu aparecer no jogo. Ao consultar um lance no árbitro de vídeo em que Dedé entrou de cabeça para tentar o empate e atingiu o goleiro Andrada, num lance de jogo, sem maldade por parte do zagueiro cruzeirense o Sr. Elber Aquino, expulsa o zagueiro cruzeirense. Uma vergonha total, sem escrúpulos a atitude do paraguaio e do árbitro que solicitou a apreciação do juiz. O time mineiro foi muito prejudicado e com isso, sofreu mais um gol no segundo tempo, sendo derrotado por 2 x 0.

Nada que não possa ser revertido no Mineirão no dia 4 de outubro. No jogo da Bombonera, o Cruzeiro foi pouco exigido na sua defesa e pode em Belo horizonte reverter esse placar.

A imprensa mundial está criticando às duas ações acontecidas ontem na Bombonera. A solicitação do árbitro de vídeo e a atitude de Elber Aquino, expulsando injustamente o zagueiro Dedé. São atitudes como essa que vem denegrir a imagem do esporte de uma forma geral. Quem deveria ser banido da arbitragem deveria ser o paraguaio que resolveu chamar para si a atenção do jogo. No decorrer do jogo, ele Eber, deixou de marcar várias faltas e para ser protagonista da partida, resolveu expulsar aquele que indiscutivelmente era até então, o dono do jogo na defesa cruzeirense. Mas no dia 4 de outubro a torcida cruzeirense irá lotar o Mineirão e com certeza, reverte esse placar.

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados