Buscar

Ciro Gomes quer a volta da CPMF em 0,38% e se complica reafirmando confiança cega em Carlos Lupi


Ciro Gomes se complicou ontem na entrevista que concedeu na Rede Globo no Jornal Nacional. Primeiro, foi o apoio incondicional a Carlos Lupi, presidente de seu partido. O presidenciável diz não saber que Carlos Lupi é réu em ação por improbidade administrativa. Na entrevista, Ciro admitiu que Lupi pode ocupar o cargo que ele quiser em seu governo, pois o mesmo tem carta branca. Ciro foi informado pelo apresentador William Bonner de que o presidente do PDT teve denúncia contra ele aceita em ação civil de 2012 por improbidade administrativa na 6ª Vara de Brasília. Bonner o interrompeu por várias vezes, insistindo em perguntas que deixaram o presidenciável descontrolado.

Outra questão, foi a volta da CPMF admitida por Ciro. Que foi claro ao confirmar na Globo News que se eleito, irá retornar com a CPMF. Mais um imposto nas costas do brasileiro.

“Desculpe, não escolhi ninguém para ser ministro. Eu sequer fui eleito.” No entanto, o candidato reafirmou que o ex-ministro do Trabalho segue tendo a promessa de o cargo que escolher num eventual governo do pedetista. “Se eu for eleito, o Carlos Lupi terá no governo a posição que quiser porque tenho convicção de que ele é um homem de bem”, afirmou.

“A mim me surpreende. Na minha opinião, essas informações não estão assentadas. A informação que tenho é de que ele não responde por nenhum procedimento. Réu, com certeza, ele não é. Então, estou surpreendido neste momento. Eu me comprometo a adicionar qualquer correção necessária no meu site”, disse Ciro. E reafirmou: “Carlos Lupi tem a minha confiança cega, absolutamente cega”.

Para contornar, Ciro resolveu atacar o governo Michel Temer “diferenças de alianças” com outros políticos acusados de corrupção. “Os valores que defendo são os mesmos. O presidente Michel Temer, que é uma desgraça ao nosso país, foi acusado pela Procuradoria-Geral da República e o Supremo pediu autorização duas vezes para processá-lo. O presidente Michel Temer é uma pessoa acusada formalmente duas vezes pela PGR por corrupção. Não é o caso do Lupi, até este segundo em que eu lhe falo, definitivamente”, finalizou.

Na Globo News, Ciro afirmou que irá limpar o nome de 63 milhões de brasileiros do SPC, como? Ninguém sabe! Tem muita gente esperando que Ciro seja eleito para comprar uma Mercedes ou uma BMW para que ele possa resolver o problema adiante.

Afirmou que pretende criar tributos sobre lucros empresariais e grandes heranças, além de reavaliar incentivos fiscais concedidos ao longo dos últimos anos.

Ciro defendeu o ex-presidente Lula, dizendo que o povo brasileiro é muito grato a ele pelo programa Bolsa Família. Mas deixou claro sua tristeza pelo golpe político dado pelo PT, com articulações que deixaram o PDT de lado, inclusive, de apoio ao presidenciável.

Ficou claro que teremos mais um governo tributarista na presidência, caso Ciro Gomes seja eleito. Foi o marco da sua entrevista a volta da CPMF e a carta branca dada por ele a Carlos Lupi.


35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados