Buscar

Márcio Lacerda é ou não candidato a governo do estado?


Na convenção estadual do PSB em Belo Horizonte a confusão foi total. Uns a favor da candidatura de Lacerda e outros não. A orientação da direção nacional do partido, foi ignorada. Segundo a assessoria de Lacerda, a convenção realizada neste sábado está amparada por uma liminar judicial. Lacerda descarta a possibilidade de sair candidato ao senado e de apoio a Fernando Pimentel como quer a direção nacional, descarta também, retirar a candidatura ao governo de Minas. Segundo Lacerda, a direção nacional do PSB insistiu para que ele apoiasse o PT que será candidato à reeleição com Fernando Pimentel. Lacerda diz que, essa possibilidade está ignorada e garante a legitimidade jurídica da convenção do PSB em Minas. A convenção foi amparada por uma liminar do Tribunal Superior Eleitoral de Minas Gerais, que anulou a intervenção nacional no estado, que destituiu do cargo a diretoria na quinta-feira.“A liminar tornou sem efeito a substituição dos membros da comissão provisória, reconheceu validade da convocação e dos efeitos da deliberação tomada na nela”, afirmou o advogado. Sendo assim, segundo o advogado, o que foi aprovado em Brasília não tem valor legal. Segundo José Sad Júnior (advogado de Lacerda),“A legislação eleitoral brasileira prevê a nulidade de uma convenção apenas em dois casos específicos: caso desrespeite uma diretriz partidária legitimamente estabelecida no estatuto ou caso haja uma determinação não prevista no estatuto mas que tenha sido publicada 180 dias antes da realização da convenção. “Não houve nenhuma dessas hipóteses”


35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados