Buscar

Márcio Lacerda e Ciro Gomes são afetados diretamente com acordo entre PSB e PT


Com o acordo assinado entre PSB e PT nesta quarta-feira 1, Márcio Lacerda e Ciro Gomes foram atingidos em cheio. Márcio Lacerda deverá retirar seu nome como candidato a governo do Estado de Minas Gerais e fortalecer a campanha de Fernando Pimentel.

No acordo, o PSB assume a neutralidade de um apoio a qualquer candidato à presidência da república no primeiro turno, deixando Ciro Gomes solitário e apenas com 38 segundos de TV, sendo assim, Ciro fica cada dia mais distante de uma disputa acirrada. Essa foi mais uma forca anunciada pelo PT aos candidatos a governo dos estados Minas Gerais e Pernambuco. Marília Arraes teve sua candidatura ao governo do estado de Pernambuco retirada pelo PT que irá apoiar Paulo Câmara à reeleição no estado. Com a neutralidade, Márcio França (governador de São paulo), irá apoiar a candidatura de Geraldo Alkimin à presidente.

Haverá uma coligação com o PSB/PT em quatros estados da federação: Amazonas, Amapá, Pernambuco e Amapá.

As articulações políticas foram autorizadas por Lula em Curitiba onde se encontra preso. Na verdade, essa parceria é para fortalecer o nome do ex-presidente como candidato ao Planalto, o que pode ser um tiro no pé do PSB, caso Lula não tenha seu nome aprovado no TSE devido a Lei da Ficha Limpa.

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados