Buscar

Cruzeiro é prejudicado pela arbitragem e fica no empate contra o Vasco


Ontem, quarta-feira (6), esperava-se um grande jogo de futebol com placar neutro. Mas não foi o que aconteceu. Cruzeiro e Vasco entraram em campo para mais uma partida pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. A superioridade do time mineiro era notória desde o começo do jogo. O Cruzeiro partiu para cima do Vasco e perdeu vários gols no começo da partida. Num erro do lateral Egídio, o Vasco chegou ao seu primeiro gol num chute raro de Andrey. Ainda no primeiro tempo Edilson sofreu um pênalti claro não marcado pelo árbitro Luís Flávio de Oliveira e pelo árbitro de linha de fundo.

No segundo tempo, o Cruzeiro voltou em cima do Vasco não dando espaços e fazendo algumas substituições. Raniel que jogou como titular e fez vários arremates durante o jogo, e sofreu o seu segundo pênalti num braço de Paulão nas costas de Raniel, mais uma vez, não marcado por Luís Flávio de Oliveira. O Cruzeiro chegou ao gol do Vasco numa bola enfiada por Dedé a Sobis que num toque rápido deixou Raniel à frente com Fernando Miguel. Daí pra frente, Bruno Silva perdeu um de frente e sem marcação cabeceando para fora.

O jogo foi bem movimentado digno de um clássico do futebol brasileiro. Mas o Cruzeiro foi claramente prejudicado pela arbitragem que deixou de marcar dois pênaltis claros a favor do time mineiro.

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados