Buscar

Futuro político de Bolsonaro e Lula podem ser definidos hoje no TSE


Será analisado hoje no TSE se processo criminal afasta ou não pré-candidatos à presidência da República como Lula e Bolsonaro


O Tribunal Superior Eleitoral irá começar a analisar hoje se Lula e Bolsonaro poderão ou não ser candidatos à presidência da República.

No caso de Lula, já condenado em 1ª e 2ª instâncias, será mais difícil de ser liberado, pois a Lei da Ficha Limpa é clara mesmo com a consulta que sea realizada hoje, não tendo relação com a lei, mas deve impedir o ex-presidente por já ter sido condenado em segunda instância, tendo ainda mais seis ações penais e réu em cinco delas. Hoje, haverá apenas uma opinião do Tribunal para definir qual interpretação da Lei é mais correta.

Segundo a Ministra Cármen Lúcia, Presidente do Supremo Tribunal Federal, diz que o TSE não pode tomar iniciativa de impedir a candidatura de Lula sem que haja contestação prévia - "ou de ofício." " O judiciário não age mediante provocação", disse a ministra no programa Canal Livre da Band, transmitido no dia 21/05. Ministros do TSE começaram a discutir previamente a possibilidade de impedir Lula de ser candidato, com intuito de evitar um impasse no próprio partido.

Para Cármen Lúcia, candidatos como Lula são inelegíveis devido a condenação em 2ª instância, como previsto na Lei da Ficha Limpa. " O Supremo voltou a este assunto, este ano, e reiterou a jurisprudência e a aplicação da jurisprudência num caso de relatoria do Ministro Luis Fux, atual ministro do TSE.


35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados