Buscar

Eduardo Azeredo está preso na Academia dos Bombeiros em Belo Horizonte


Eduardo Azeredo se apresentou ontem na Academia de Bombeiros Militar, à rua Piauí em Belo Horizonte onde cumprirá pena de 20 anos e um mês por ter sido condenado no mensalão tucano, que segundo o TJMG, Eduardo desviou R$ 3,5 milhões para sua campanha em 1998.

Eduardo Azeredo deixou o cargo de Deputado Federal para se defender das acusações a ele imposta. Na entrada da delegacia, Eduardo disse que era injusta a sentença, pois ele é inocente. É condenado também por lavagem de dinheiro envolvendo repasses de empresas privadas. Segundo a acusação, os repasses foram realizados pela empresa de Marcos Valério envolvido no mensalão do PT.

A sala em que irá ficar o ex-governador e senador é de 27 metros, contendo uma cama, chuveiro elétrico e uma mesa de apoio. Terá direito a café da manhã e quatro refeições diárias supervisionadas por nutricionistas, poderá receber visitas dos familiares previamente cadastrados.

Eduardo Azeredo é mais um político do primeiro escalão preso no Brasil nos tempos de Lava Jato.