Buscar

Defesa de Lula sofre mais uma derrota no STF


Condenado a 12 anos e um mês de prisão por lavagem de dinheiro e corrupção passiva, STF negou nesta quarta-feira (9), o pedido de liberdade em recurso da defesa do ex-presidente.


O pedido de suspensão da prisão de Lula foi negado pelo STF que votou por meio do voto eletrônico. O relator do processo Ministro Edson Fachin, foi o primeiro a votar, sendo ele, acompanhado por Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Celso de Mello. Até o presente momento a votação está em 4 votos para a permanência de Lula na cadeia. O prazo para término da votação é hoje, 10 de maio.

Lula foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do Triplex do Guarujá a 12 anos e um mês. Faltam apenas 12 anos para o encerramento de sua pena, pois o ex-presidente, já cumpriu um mês. Estão se esgotando a cada dia os recursos da defesa do ex-presidente.

A defesa alegou que sua prisão é ilegal e não fundamentada, segundo ela, o TRF-4 não exauriu no processo.

O povo está de olho e analisando todos os passos jurídicos que envolvem o ex-presidente. A maior parte da população acha que a prisão do ex-presidente pode ser um passo para que o Brasil comece a deixar a impunidade de lado.