Buscar

Blairo Maggi é acusado de pagar propina milionária a Conselheiro quando era governador


Raquel Dodge, Procuradora-Geral da República denunciou nesta quarta-feira (2), o Ministro da Agricultura Blairo Maggi, por corrupção ativa no âmbito da operação Ararath. Segundo Raquel, Blairo, quando era governador do estado do Mato Grosso em 2009, teria participado do esquema de compra e venda de vagas no Tribunal de Contas do Estado (TCE). Raquel pediu a perda da função pública e a condenação prevista no Código Penal, além do retorno de R$ 4 milhões aos cofres públicos.

Sérgio Ricardo de Almeida, seria um dos beneficiários, hoje, afastado do cargo pelo Ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal e relator do caso. Sérgio foi denunciado por corrupção ativa e por lavagem de dinheiro.

Para Janot, Blairo é líder de organização criminosa em agosto de 2017.

Em nota a imprensa o ministro Blairo Maggi deixa claro que causa profunda estranheza e indignação a denúncia oferecida pela Procuradoria Geral da República, uma vez que o mesmo fato já foi objeto de investigação em 2014 e arquivado a pedido da própria PGR.