Buscar

Com um futebol inexpressivo e jogando com um jogador a mais desde os 15 minutos do primeiro tempo, C


Com um time sem motivação o Cruzeiro perdeu para o Fluminense neste domingo pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro 2018. Gilberto do Fluminense foi expulso aos 15 minutos do primeiro tempo jogando a estratégia de Abel Braga, por água abaixo. Mas, o que ele nem pensaria é que do outro lado, estava um time sem inspiração e sem imaginação. Parecia um time de pelada que foi colocado em campo para fazer um amistoso de várzea. Assim, foi o Cruzeiro de Mano Menezes. As jogadas não se encaixavam, não havia inspiração do time celeste. O Cruzeiro tem um elenco muito melhor e muito mais qualificado que o time de Abel Braga, mas não teve inspiração. No segundo tempo sofreu um gols aos três minutos e passou a ter mais tempo de bola. Não era o dia do Cruzeiro. Dos 30 minutos em diante só deu Júlio César. Ele fechou o gol e a trave não deixou o Cruzeiro ir em frente.

Se o time celeste não apresentar um bom futebol pela próxima partida da Libertadores, nesta quarta-feira, Mano Menezes pode ir arrumando as malas, pois será muito difícil permanecer na comissão técnica.

Não se entende o porquê de Mano Menezes escalar o time tão mal, como escala no início do jogo. Coloca em campo jogadores que deveriam entrar no segundo tempo e mantém no banco atletas que são considerados imprescindíveis para se ter um time ofensivo e competitivo. O Cruzeiro tem um dos maiores investimentos para a competição, mas não mostra um grande futebol e por muitas vezes, deixa à desejar. Assim, acontece também na Libertadores.


35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados