Buscar

Elvis Presley suicidou-se, segundo Priscila Presley


Ídolo do rock americano nos anos 50 e 60, um dos maiores artistas musicais do mundo até hoje, tem história revelada em documentário recente nos EUA e a surpreendente confirmação de sua esposa Priscila Presley, que ele cometeu suicídio. Priscila afirma que ele ingeriu vários remédios para interromper sua vida.

“Ele sabia o que estava fazendo e o que poderia acontecer (se ele errasse a dose)”, diz Priscila na gravação. As pessoas me perguntam o motivo de eu não ter feito nada. Eu, as pessoas próximas a ele falávamos, mas ninguém conseguia obrigar o Elvis a nada. Todos tentavam e não tínhamos nenhuma chance com ele”, completa.

Que o mundo inteiro sabia que Elvis passara por um estado depressivo muito forte, não era novidade para ninguém. Mas, o mundo não sabia que ele teria se suicidado.

Elvis foi um dos maiores cantores do mundo, era um intérprete talentoso demais e fazia questão de ter com eles excelentes músicos. Foi ator de cinema, e fez muita garota chorar em uma sala de cinema. Era extrovertido e tinha um jeito próprio de dançar. Era diferenciado, sorridente e extravagante. Foi um dos poucos sobreviventes da década de 50 a se sobressair após a era Beatles na música mundial, até sua morte. Tem interpretações que consideradas ícones, como: It's Now or Never, Suspicions Mind, My Way, Are you Lonesome Tonight, Always on My Mind, Can't Help Falling in Love , In The Gettho e muitos outros.

Elvis faleceu em 16 de agosto de 1977, na sua casa em Graceland, Menphis, Tennensse, nos Estados Unidos.


35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados