Buscar

O Brasil começa a ser passado a limpo

O brasileiro foi às ruas para cobrar a falta de impunidade da justiça brasileira. O Ministro Luis Roberto Barroso foi simples e transmitiu de forma verdadeira e transparente o retrato da nossa justiça. "Esse não é o país que eu quero para os meus filhos". "A justiça brasileira é aplicada ao pobre". "Por 100 gramas de maconha ou crack, ele fica lá anos, não sendo ele um bandido de alta periculosidade".


Não podemos deixar de parabenizar o povo brasileiro que mostrou a sua cara. Cobrou o fim da corrupção, da falta de dignidade dos políticos corruptos, da falta de vergonha que bateu à porta do país por toda sua existência. Sabemos que o primeiro caso de corrupção no Brasil começou com a chegada de D. João VI no Brasil. Para quem conhece a história desse país, sabe do caso do palacete da Quinta da Boa Vista. O Brasil é um país corrupto desde sua descoberta. Mataram índios injustamente, trataram os escravos como carrascos e a desumanidade tomou conta da nação, negociaram escravos e compraram pessoas para obter vantagens financeiras, e a Realeza chega ao Brasil, após 322 anos de sua descoberta. Não podia dar coisa boa. Se nem o seus comandantes estão presentes, subordinados a Corte não seriam tão fieis assim e, logicamente, levariam vantagens na extração do ouro, do comércio do café e da cana de açúcar. Pois, não havia lei e nem ordem. Assim, foi o Brasil econômico e politicamente falando. A lei maior sempre favoreceu os atos da política em favor dos poderosos. Por outro lado, a justiça acompanhava a impunidade iniciada pela extração do ouro. Ou seja, todos levavam vantagens e todos tinham a sua parte no bolo. Mas, hoje, 518 anos após a sua descoberta, o Brasil dá um passo à frente e mostra para o mundo que a impunidade neste país tem que acabar.

Os movimentos populares foram imprescindíveis por todo o Brasil. O movimento "Vem Pra Rua" se estruturou em mais de cem municípios, além das capitais de 23 estados da federação, protestos foram realizados cobrando da justiça brasileira o fim da impunidade. Hoje o Brasil está com parte de sua alma "lavada". Digo parte, porque tem muita coisa a ser desvendada daqui pra frente. A justiça colocará na cadeia o maior responsável pela crise econômica e pela formação da maior quadrilha de corrupção já instalada neste país. Os números financeiros chegam a patamares não imagináveis. Os valores desviados na sua totalidade, ainda são uma incógnita. O que aconteceu hoje no Brasil, deveria ter acontecido quando se desvendou o "Mensalão". Vivemos nestes últimos 13 anos engolindo mentiras e mais mentiras. Os rombos efetuados aos cofres públicos são inaceitáveis. O uso de estatais como cabide de emprego, o inchaço da máquina governista levou o pais a maior crise financeira de todos os tempos. Não dá mais para viver em um país abençoado por Deus e comandado pela impunidade infinita. Mas, a impunidade se rendeu aos anseios da população brasileira. Esperamos que esse seja o início para que o Brasil possa banir de vez, a impunidade por todos os seus segmentos. Nas estradas, nas delegacias, no tráfico, na política e na administração das grandes estatais.

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados