Buscar

O povo usa as redes sociais para desabafar e protestar contra o STF e marca para o dia 03 de abril o


O povo está indignado com o resultado da votação do Habeas Corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no STF. Pior ainda, foi dar a ele a condição de não ser preso logo após a votação do último recurso no TRF-4.

O povo critica os magistrados por não terem ética e não respeitarem a opinião pública. Como diz Luiz Roberto Barroso ""Nós criamos um Direito Penal perverso e seletivo, feito para prender menino pobre por 100 gramas de maconha e que não consegue pegar quem desvia milhões". Luiz Roberto Barroso (Ministro do STF).

No quadro ao lado mostra o (Movimento Juntos pelo Brasil), e temos também o (Vem Pra Rua Brasil), além do povo insatisfeito tentando valer a sua vontade.

A insatisfação do povo brasileiro é tão grande que a caravana do ex-presidente no sul do país, não teve acesso à vários municípios como Bagé e Chapecó. E em outros, foi recebido a pedradas, ovo e tomate, além dos adjetivos a ele dirigido como: corrupto, safado e outras coisas mais.

O povo espera que no dia 04 de abril, a Corte vote de acordo com a lei aplicada em 2016 e como disse a presidente do STF "Voltar a pautar esse assunto, seria apequenar a Corte". Concordamos em número, gênero e grau com Cármen Lúcia. A justiça brasileira não pode tomar bença dos seus atos e abandonar a Carta Magna, por ser apenas um ex-presidente da república. Se ele deve, ele tem que pagar pelos seus atos como um cidadão comum. O direito é igual para todos de forma linear. Então, vamos aplicá-lo como manda a Carta Magna.

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados