Buscar

Odebrecht entrega a Sérgio Moro cópias de e-mails que servem de prova contra Lula


Foram anexas cópias de e-mails ao processo referente ao sítio de Atibaia que complicam ainda mais a situação do ex-presidente Luís Inácio lula da Silva. Foram anexados também documentos referente ao Instituto Lula e de conta corrente de propinas com Antonio Palocci. Os e-mails citam valores supostamente pagos ao petista. Marcelo Odebrecht alegou que só pôde concluir o processo de documentos, após o regime semi-aberto.

Abaixo, o que contém nos e-mails anexos ao processo:

“Qd mencionar ao amigo de BJ que o acerto do evento foi com Italiano/amigo de meu pai, e não com PT, importante não mencionar nada sobre minha conta corrente com Italiano pois só ele e amigo de meu pai sabem”.

Em 22 de agosto de 2012, Marcelo Odebrecht comunica a Hilberto Mascarenhas, diretor do setor de propinas da Odebrecht, e a Benedicto Junior, ex-diretor da empreiteira, que combinou com Palocci um pagamento de 15 milhões de reais “para cobrir pedidos do amigo meu pai (sem que ele saiba que usamos o credito) o que inclui palestras, jato…”.

Lula está cada dia mais complicado com a justiça. As provas vão aparecendo a cada dia. Palocci quer depor novamente e, com certeza, tem muita coisa para acrescentar em seu novo depoimento, além de confirmar os e-mails anexados por Marcelo Odebrecht.


35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados