Buscar

Fachin nega pedido para evitar prisão de Lula e submete ao Plenário decisão final


Cada vez mais difícil para Lula ,Edson Fachin nega pedido para evitar prisão


Lula foi condenado a 12 anos e 1 mês pelo TRF-4 no Rio Grande do Sul em segunda estância. A lei é clara, condenação em segunda estância por um colegiado é prisão imediata, após os términos dos recursos.

Eles estão se esgotando a cada dia que passa. Os advogados do ex-presidente tentam de todas às formas evitar a prisão. Edson Fachin, submeteu o pedido ao Plenário do STF, onde ele e mais dez juízes irão decidir sobre a prisão. A lei institucionalizada em 2016, não deixa dúvidas. Condenado em segunda estância por um colegiado, tem que ser preso de imediato, logo após os términos dos recursos da defesa. A defesa já recorreu so STJ, foi negado. O ex-juiz do STF Sepúlveda Pertence resolve defender o ex-presidente e passa a atuar no processo e diz que Lula é vítima de perseguição nunca vista antes. Sepúlveda foi presidente do STF de 1995 a 1997, presidiu a Comissão de Ética da presidência no primeiro mandato de Dilma Rousseff. É notório e transparente que o ex-presidente do STF é um petista de carteirinha, cham o ex-presidente de amigo e assumiu cargos nos comandos do PT, quando esteveà frente da Presidência da República. Além desse processo já condenado, Lula tem mais outros cinco a serem jugados, um deles, é o sítio de Atibaia, que deve estar próximo e já com o juiz Sérgio Moro.

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados