Buscar

Preso por ter sido condenado em segunda estância, deputado João Rodrigues diz que é "bode expia


Por ordem do Supremo Tribunal Federal, o deputado João Rodrigues (PSD) SC, foi preso nesta manhã de quinta-feira no aeroporto de Guarulhos. O deputado foi condenado em segunda estância a cinco anos e três meses por dispensa irregular de licitação. O deputado afirmou assim que foi preso, que está servindo de "bode Expiatório" para a prisão do ex-presidente Lula, também condenado em segunda estância em 24 de janeiro, que também corre o risco de ter sua prisão decretada.

A acusação é de 1999, quando João Rodrigues assumiu interinamente a prefeitura de Pinhalzinho (SC), por 30 dias. A pena iria prescrever em fevereiro e baseado no prazo, o PGR pediu a prisão imediata do deputado. O Ministro Alexandre de Moraes, presidente da primeira turma do STF, autorizou a inclusão em difusão vermelha no banco de dados da Interpol. joão Rodrigues foi proibido de entrar no Paraguai, sendo preso em Guarulhos.

João Rodrigues disse que seus advogados estão trabalhando para reverter o quadro. Até porque, não existe prejuízos e nem desvios de verbas, não há dano.

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados