Buscar

Em volta do TRf-4 será monitorado por todos os lados a partir de amanhã


A partir dessa terça-feira, o TRF-4 terá bloqueio aéreo, terrestre e naval. Segurança será reforçada nos locais onde poderá haver manifestações e protestos

Na véspera do julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o TRF-4 terá acesso restrito à partir de amanhã. Com monitorações terrestres, naval e aérea. Helicópteros estarão fazendo a vigilância pelo ar, a partir das 12 horas desta terça-feira, como também, o exército e a marinha na orla do rio Guaíba.

O ex-presidente não deverá comparecer ao local, até mesmo, devido às manifestações contrárias a ele. Para que não haja incentivo a elas, o presidente deve acompanhar o julgamento do Instituto Lula ou de sua residência em São Bernardo do Campo.

Caso o ex-presidente seja condenado, ele estará inelegível, mas poderá entrar com recurso. Com o tempo da justiça, qualquer recurso, agora, só irá ser visto no final deste ano, ou seja, após às eleições de outubro. Quem será o novo pupilo do PT para 2018? Estava na cara que seria Fernando Haddad, mas ele foi indiciado há poucos dias por caixa dois na campanha a prefeitura de São Paulo. Então, quem será o candidato?

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados